Governo da Bahia

PROJETOS EM ANDAMENTO

Formação Básica em Direitos Humanos e Diversidades para Servidores da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Estado da Bahia, admitidos através do Regime Especial de Direitos Administrativo – REDA – Edital 05/2011, divulgado através da Portaria de número 321, publicada no Diário Oficial do Estado, nos dias 03 e 04 de dezembro de 2011.

 

APRESENTAÇÃO

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Estado da Bahia, com base em suas diretrizes gerais, pretende promover Formação Básica em Direitos Humanos e Diversidades para Servidores Públicos, ingressantes no sistema através do REDA,  envolvendo 01 (uma)  Palestra/aula inaugural e 01 (um)  curso,  a seguir indicados:

 

I. Palestra de acolhimento dos novos contratados através do REDA, sobre o tema: “Direitos Humanos e Diversidades”;

II.  Curso Básico de Formação em Direitos Humanos e Diversidades.

 

Esta proposta não pretende suprir todas as demandas de formação dos servidores ingressantes no serviço público, ao contrário, é apenas uma iniciação que se dá em momento oportuno e deverá ser uma constante, de modo que a formação em serviço seja permanente

 

JUSTIFICATIVA

A formação básica para ingressantes no serviço público é uma necessidade premente, visa o acolhimento e a integração desses servidores na cultura organizacional da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos – SJCDH, além de expor com clareza e exatidão a expectativa sobre o comportamento profissional.

 

A formação tem como objetivo, ainda, o desenvolvimento de condições para a expressão de competências e habilidades coerentes com o alinhamento da cultura organizacional, a cultura dos direitos humanos e o respeito às diversidades, dados que serão exigidos constantemente no decorrer das atividades desempenhadas pelos profissionais supracitados. Pretende-se, também, firmar compromisso dos profissionais ingressantes com o compromisso institucional, calcado em valores e princípios como a ética, a equidade, a solidariedade, a cooperação e a cidadania entre os servidores, de modo geral.

 

OBJETIVOS

  1. Acolher e socializar informações sobre a cultura organizacional da SJCDH;
  2. Alinhar a cultura organizacional da SJCDH à cultura dos Direitos Humanos, à cultura da paz e do respeito às diversidades;
  3. Oportunizar a socialização de conhecimentos que contribuam para o desenvolvimento de competências e habilidades profissionais;
  4. Colaborar para a construção do papel do servidor público enquanto agente transformador da realidade sociocultural em que atuará.

 

PÚBLICO ALVO 

a)   58 (cinquenta e oito) Servidores ingressantes no quadro de pessoal da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos através do concurso REDA;

 

PROJETO TRANSPORTE E CIDADANIA:

APRESENTAÇÃO

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJDCH) apresenta esta proposta com a intenção de promover a cultura de direitos humanos para os servidores que prestam serviços públicos conduzindo passageiros através dos meios de transporte oferecidos pelo Estado.

Pretende-se desenvolver uma dinâmica de vivência acerca dos principais conceitos a serem trabalhados: justiça, cidadania ,direitos humanos, ética e relações interpessoais, bem como a compreensão do significado de um órgão público e seu funcionamento. As atividades acontecerão no Centro de Educação em Direitos Humanos JJ Calmon de Passos, na estrutura de sala de aula.

Estima-se que sejam oportunizados todos os motoristas que atendem à Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, inicialmente, neste projeto que chamamos de piloto.

JUSTIFICATIVA

As diretrizes da atual gestão são claras e devem perpassar transversalmente por todos os segmentos da instituição. Por isso, faz-se necessário incluir os condutores prestadores de serviços ao público interno da SJCDH.

Acredita-se que faz parte da ética institucional a socialização de expectativas  sobre o que se pretende exigir de seus colaboradores. Faz parte da ética explicar com clareza e exatidão o que se espera, como também deixar claro as possibilidades de sanções àqueles que optarem por não assumir coletivamente o compromisso institucional.

OBJETIVOS

  1. Alinhar compromisso institucional acerca da prestação de serviços públicos;
  • Desenvolver competências e habilidades de relações interpessoais de condutores de transporte de passageiros da SJCDH;
  • Promover experiência de treinamento in company com a colaboração de pessoal do próprio quadro da SJCDH.