Governo da Bahia

Notícias

  1. Publicação:
  2. Última Atualização:

Fórum discute Acessibilidade para a Copa do Mundo

A 3ª edição do Fórum Bahia Copa 2014 – Por Uma Copa Inclusiva! foi realizado na segunda (12) e tratou da acessibilidade na construção dos equipamentos públicos e em obras de infra-estrutura da cidade, focando a participação das pessoas com deficiência. O Fórum é realizado anualmente em Salvador e trata dos assuntos referentes à Copa – que será sediada no Brasil. Aconteceu no Gran Hotel Stella Maris, durante todo o dia.

O evento contou com a presença de Almiro Sena, Secretário da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), órgão responsável pela política estadual de promoção da acessibilidade. Sena destacou o investimento feito pelo Estado na construção de equipamentos acessíveis que beneficiarão a todos os cidadãos. “Na mesma porta construída para passar um cadeirante, passa, com o mesmo conforto, quem não usa cadeira de rodas”, exemplificou.

O secretário Estadual para Assuntos da Copa do Mundo (SECOPA), Ney Campelo, lembrou que o Plano de Acessibilidade para Copa, elaborado pela SJCDH, está em fase de execução e afirmou que o Estado está trabalhando no sentido de assegurar que sejam cumpridas todas as normas da legislação sobre a acessibilidade. O Secretario Leonel Leal, gestor do escritório da Copa do Mundo da FIFA 2014 destacou a importância da Bahia na Acessibilidade.

Na condição de moderador da mesa que discutiu sobre Acessibilidade na Copa: Superando Barreiras, atuou Alexandre Baroni – Superintendente dos Direitos da Pessoa com Deficiência – SUDEF/ SJCDH. Seguindo a política de inclusão das pessoas com deficiência do governo do Estado, o receptivo do contou com a presença de cadeirantes e idosos, folder em braile e piso táctil da entrada até o auditório.

Palestrantes do Brasil e do Exterior vieram trazer as suas experiências. Personalidades como Richard Caborn, Ministro do Esporte do Reino Unido; Jorge Luiz Rodrigues, editor esportivo do jornal O Globo; Paulo Vinicius Coelho, colunista do jornal Estado de São Paulo – Estadão; Mauricio Magalhães, presidente da Tudo, empresa de comunicação; Marcelo Yoka, que falou do preconceito, violência e criminalização da pobreza; a arquiteta Regina Cohen, que tem trabalhos diversos sobre acessibilidade das pessoas com deficiência; a Arquiteta Ângela Carneiro da Cunha, consultora em acessibilidade; Lauro Ramos, do Departamento de Microempresa e Empresa de Pequeno Porte Banco do Nordeste; Fabio Laudisio, diretor do Projeto Sony / FIFA para a Copa do Mundo; Mike de Vries, que coordenou pela Governo Alemão, diversas atividades para a Copa 2010, na África do Sul; e Helio Viana, autor da Lei Pelé, que criou as Olimpíadas Indígenas e o Programa Esporte Solidário.

O Fórum é uma realização da SECOPA, com o objetivo de debater e intercambiar ações e experiências voltadas para a Copa 2014, contando com a apresentação de exemplos nacionais e internacionais de organização de megaeventos esportivos.